Category Archive Dicas para a classe trabalhadora

3 dicas para conciliar trabalho e maternidade (Foto de Yan no Pexels)

3 dicas para conciliar trabalho e maternidade

Muitas mães novas que retornam ao trabalho após uma licença de maternidade se sentem divididas entre seus papéis aparentemente conflitantes. Eles valorizam suas realizações profissionais e a renda que isso traz – mas são atormentados pela perspectiva de deixar seu bebê precioso que ainda é tão pequeno e carente. 

Além disso, como muitos bebês não dormem a noite toda, como termina a licença de maternidade típica de três meses, você pode esperar estar profundamente exausto e até, graças aos hormônios ainda flutuantes, choroso. 

Organização

Sua rotina do dia anterior de trabalho deve ser reconfigurada à medida que você detalha todos os detalhes do seu novo dia, a partir dos quais os pais tomam banho primeiro enquanto o outro olha o bebê, para quando usar o extrator de leite e onde você bombeará se ainda estiver amamentando. 

Isso não deve ignorar essas pequenas indignidades, como montar cuidadosamente um guarda-roupa de trabalho para se ajustar a um corpo que ainda não se recuperou da gravidez.

Claro, existem benefícios. Algumas mães que trabalham descobrem que são bons pais por causa de seu trabalho, não apesar disso. Mas navegar na transição da licença de maternidade para o escritório leva, bem, trabalho.

Quem está no controle aqui?

Mesmo que as mães que trabalham passam o dia livres de uma bolsa de fraldas e carrinho, você não é mais uma mulher no controle de seu destino. Você passa de se sentir como um adulto independente, que pode fazer tudo por conta própria, a se sentir quase infantil e terrivelmente dependente de outras pessoas.

Sua vida funciona apenas na medida em que sua babá aparece a tempo ou seu bebê está bem o suficiente para ir à creche. No escritório, você pode descobrir que é tratado de maneira diferente. 

O resultado: você pode encontrar-se na parte receptora de tarefas sem saída que insultam seu talento e dedicação. Ou você pode acabar sendo preterido em uma promoção que trabalhou duro para obter. 

Sua mente e seu corpo estão prontos?

Mas a verdade é que, pelo menos inicialmente, você pode não se sentir como se estivesse tendo o melhor desempenho. A privação do sono diminui sua capacidade cerebral. E se você estiver amamentando, poderá sentir-se preso entre as demandas do seu corpo (“Bombeie!”) E seu trabalho (“Faça isso, pronto!”).

Voltar para casa depois de um dia nas trincheiras não é menos estressante. Seu bebê pode estar cansado e irritadiço. E, a menos que você tenha ajuda em casa, há um jantar para fazer, louça suja empilhada na pia do café da manhã e uma pilha de roupas para lavar. 

É fácil sentir-se convencido e zangado. Fazer malabarismos com tantos papéis pode ser frustrante. Se você é casado, é provável que seu cônjuge esteja do lado de sua fúria ou ainda pode ser um caminho para ter problemas no relacionamento, por isso, ter cuidado com as relações também se torna mais uma função extra. 

Realmente, não é nada fácil, mas é importante tirar forças para conseguir manter o dinheiro entrando e o seu bebê feliz.

Quais são os direitos trabalhistas dos motoristas de vans (Foto: Depositphotos_220747724_s-2019)

Quais são os direitos trabalhistas dos motoristas de vans

Não é muito difícil se deparar com notícias de acidentes de trânsito, ainda mais quando envolve motoristas profissionais. Como antigamente o descanso não fazia parte dos direitos trabalhistas desses profissionais, hoje há um cuidado muito maior para que todos recebam o que é melhor para aumentar a sua qualidade de trabalho.

Com muita procura por aluguel de van em SP, é importante salientar que há uma necessidade de procurar por locais que ofereçam um plano de trabalho muito confortável para os motoristas, seguindo as recomendações sobre repouso para que o serviço continue sendo de qualidade dentro dos direitos trabalhistas.

Direitos trabalhistas

Os motoristas de vans podem ser motoristas agregados, cooperados, ou que emitem RPAS ou notas como Pessoa Jurídica. Há uma grande discussão em relação a saber se eles possuem direitos trabalhistas ou não, como o caso de férias, FGTS, 13º, além de horas extras, por trabalharem muitas vezes, por fora.

Nesse sentido, o motorista que trabalha todos os dias e cumpre ordens, determinações, apresenta boas chances de conseguir discutir judicialmente os seus direitos trabalhistas como um empregado comum, mesmo se utilizar um veículo próprio, assinar contratos simulando autonomia, emitir notas ou ter uma relação como PJ ou cooperado.

É bem importante esclarecer que há boas chances ainda se o empregador trabalhar para uma empresa de logística ou transportadora, pois nesse tipo de situação, a atividade do trabalhador está relacionada com a empresa.

Já em relação as horas extras, são muitas decisões que tem acabado por condenar as empresas que paguem os motoristas por isso, quando o empregado tem um controle em relação a sua jornada, como é o caso de rastreadores, efetuar ligações constantes, ou exigir o cumprimento de horário, etc.

Com a Lei dos Caminhoneiros que está falando sobre o exercício da profissão de motorista, há novas regras que começaram a valer e foram estabelecidas.

AS principais exigem que haja um repouso de 11 horas em um prazo de 24 horas, além de uma refeição de 1 hora. As jornadas de trabalho podem ser de 8 horas, com até duas horas extras, além de repouso semanal de 35 horas.

No caso das viagens de maior distância, aquelas superiores a 24 horas, é necessário cumprir de maneira complementar. Com um intervalo para descansar de 30 minutos a cada 4 horas dirigindo, além de um repouso semanal de 36 horas para as viagens que tenham duração maior de 1 semana.

Outro ponto é que para as viagens de longa distância, foi oficializado que pode ser praticado de dois motoristas estarem embarcados no mesmo veículo. Para esses casos, a jornada tem que seguir algumas normas complementares.

Para as jornadas de trabalho de 8 horas para cada um dos dois motoristas, além de que o motorista em repouso, ou seja, fora da direção ou no carona, tem que ter uma remuneração mínima de 30% do custo da sua hora. Também precisa cumprir um repouso diário fora do veículo ou ainda mesmo parado por 6 horas, pelo menos.

6 dicas de fisioterapia para ficar livre de lesões enquanto trabalha em casa (Foto: Depositphotos_208995250_s-2019)

Dicas para conseguir o emprego dos sonhos

Depois de passar pela escola, faculdade, de ter acesso a uma carteira de estudante, certamente o desejo de grande parte dos seres humanos é ter o emprego dos sonhos, sendo que alguns acreditam ser questão de sorte, outros já acham que é basta trabalhar muito duro para conquistar os objetivos, outros desejam saber mais como conseguir isso.

Porém, saiba que além de ter sorte é preciso ainda muito trabalho, sendo que para atingir esse objetivo é necessário passar por algumas etapas da vida, sendo que existem alguns movimentos capazes de agilizar sua caminhada até chegar nessa conquista, e realmente não é de outro planeta e nem impossível. 

Veja dicas importantes de como conseguir o emprego dos seus sonhos

Certamente muitos querem saber algumas dicas de como adquirir o emprego dos sonhos, sendo que na maioria das vezes as pessoas não conseguem definir ações para conseguir esse feito, sendo assim, aqui vão algumas dicas:

01. Sempre Organize sua rotina

Realmente no momento em que você decidiu que é hora de colocar as melhores energias na busca do emprego de seus sonhos, então saiba que é fundamental finalmente organizar sua rotina para obter então bons resultados da forma mais rápida possível.

Sendo assim, é importante definir por quantas horas por dia você se dedicará a fazer contatos, visitar empresas, ajustar seu currículo, fazer entrevistas, pesquisar o mercado, enfim é importante decidir todos esses detalhes.

Procure encara esse processo com muita seriedade e compromisso, estabeleça então metas e prazos viáveis para não se frustrar!

02. Procure pesquisar as tendências do mercado

Se você já sabe exatamente no que quer trabalhar, saiba que isso é ótimo! Sendo assim, esse é o momento de entender exatamente como essa profissão está funcionando no mercado de trabalho.

Procure pesquisar tendências, leia muitos artigos e livros atuais sobre essa área, então analise com afinco as demandas para a função que realmente deseja desempenhar, sendo que dessa forma, você então poderá descobrir alguns nichos que podem ser ainda mais interessantes com maiores chances de contratação.

03. Procure desenvolver suas habilidades

Saiba que mesmo quando estiver buscando pelo seu emprego dos sonhos, realmente não deixe de desenvolver habilidades, sendo que se você já trabalha nessa área então é ainda melhor. Porém, se esse acaba sendo um novo universo para você, então não perca tempo, procure participar de palestras, cursos de atualização, workshops, entre outros.

A ideia aqui é você consiga potencializar seus pontos fortes e melhorar ainda o que não está bom!

04. Prepare um excelente currículo

Lembre-se: atualizar seu currículo acaba sendo vital, entenda que ainda hoje o mesmo é capaz de vender sua imagem profissional. Além disso, reveja por completo os principais pontos de seu currículo, sempre retire o que não precisa ser citado e inclua tudo que você sabe e entende que fará diferença para a vaga desejada.

Sempre observe se o currículo está com um visual atraente, e inclua sempre os dados de contatos!

Quando comparecer em entrevistas, procure mostrar-se entusiasmado e focado, mantenha uma atitude positiva, lembre que comportamentos negativos não causarão uma boa impressão e claramente podem comprometer o parecer do recrutador a seu respeito.

Trabalhos autônomos para pessoas sem renda quais são os melhores? (Foto: Depositphotos_169737272_s-2019)

Trabalhos autônomos para pessoas sem renda quais são os melhores?

Certamente muitas pessoas possuem o sonho de ser chamados por uma agência de emprego, sendo que inicialmente um emprego estável acaba por ser o desejo de muitas pessoas, contudo, atualmente podemos destacar que a economia anda em crise e uma grande parte das pessoas está em busca de trabalhos autônomos para manterem sua renda.

Porém, alguns que desejam começar ainda nem sabem onde dar inicio aos trabalhos e como fazer isso, desta maneira, abaixo falaremos mais sobre alguns tipos de trabalhos disponíveis para renda extra e que podem ajudar muitos a passarem por maus momentos tendo ao menos dinheiro extra no bolso.

Veja alguns trabalhos autônomos para pessoas sem renda

Antes de tudo é importante entender que o trabalho autônomo realmente é aquele serviço prestado por um profissional de forma liberal, que presta serviços por tempo indeterminado sem vínculos empregatícios. Abaixo alguns exemplos de trabalhos autônomos para que as pessoas possam se inspirar:

1.1 Babá

Certamente nos dias de hoje, os pais tem que fazer muitas coisas ao mesmo tempo, sendo que os mesmos acabam não tendo tanto tempo disponível para cuidar de seus filhos diariamente, sendo assim, as babás acabam sendo contratadas.

Porém, é importante lembrar que não basta apenas gostar e amar crianças, é importante ter disciplina e uma excelente organização para poder lidar com atividades diárias com os pais.

1.2 Vender Doces e Sobremesas Gourmet

Claramente existe muita gourmetização tanto de salgados quanto de doces, sendo que isso tem sido tendência ainda mais no ramo alimentício. Desta maneira, saiba que ao fazer e vender doces, a pessoa acaba tendo uma boa renda ao final dos trabalhos realizados, no entanto, é importante ter uma organização excelente e cuidado com os sabores para fidelizar clientes.

1.3 Professor Particular online

Atualmente muita coisa pode ser feita online, sendo que até mesmo as aulas não seriam diferentes, sendo que atualmente existem diversos professores particulares oferecendo serviços online, as mesmas podem ser feitas via Skype ou ainda em vídeo aulas.

Certamente entre as vantagens estão a flexibilidade e também a possibilidade de ter vários alunos acabam chamando a atenção de pessoas interessadas em ganhar uma renda extra!

1.4 Empreender pelo e-commerce

Sim realmente as compras pela internet cada vez mais estão em alta, e isso acontece através de e-commerces, sendo assim, ter um negócio online realmente acaba expandindo todas as possibilidades e ainda aumenta a demanda por produtos e serviços.

Além do mais, o empreendedor digital de e-commerce realmente deverá saber o que vender nesse ambiente, sendo que nesse presente momento um dos e-commerces que está em crescimento no Brasil é o dropshipping.

Saiba que essa categoria realmente permite começar a ganhar dinheiro ainda mais na internet, logicamente o investimento inicial tem um custo baixo, justamente porque o empreendedor não necessita de estoque.

1.5 Cuidador de pets

Muitos donos não conseguem sair com seus animais, sendo assim, uma boa parte delas acaba então contratando pessoas para passear com eles ou ainda até mesmo para cuidar ao menos durante o dia, sendo assim, essa é uma boa escolha de trabalho autônomo.

Essas são apenas algumas dicas, na verdade existem diversos trabalhos autônomos, além do mais, aquele talento que você possui pode realmente te ajudar a conquistar clientes e fazer bons negócios basta coloca-lo em prática!

O que fazer em tempos de crise financeira? (Foto: internet)

O que fazer em tempos de crise financeira?

Você sabia que ao fazer um Consorcio Itaú Imóvel é possível economizar nesse tempo de crise financeira? Isso porque sabidamente o consórcio possui taxa de administração realmente muito abaixo das próprias taxas de financiamento. Desta maneira, essa pode ser uma boa oportunidade de economizar bastante e não ter o dobro de juros na compra de imóveis, veículos, entre outros.

Porém, ainda existem algumas dicas bem interessantes para aqueles que possuem interesse em contornar essa crise, e passar pela mesma intactos e sem perder dinheiro, veja abaixo como lidar com a crise financeira.

Saiba o que fazer para vencer a crise financeira

Realmente uma das primeiras sugestões para que você possa sair da crise financeira é sempre se manter informado (a), sabemos que atualmente há mais de 14 milhões de brasileiros desempregados, sendo que a grande maioria está longe do mercado de trabalho ou ainda encontram dificuldades para sair dessa crise.

Isso ocorre porque em partes muitas empresas estão fechando suas portas ou até mesmo fazendo cortes de pessoal, sendo assim, muitas vezes é necessário mudança de carreira ou até mesmo solução política.

Abaixo algumas dicas do que pode ser feito para vencer essa crise financeira:

01. Não gaste mais do que tem

Certamente o primeiro conceito financeiro é muito simples: jamais gaste o que você não pode, sendo que aquilo que você ganha por mês deve ser o suficiente para pagar suas dívidas e permitir que você consiga sobreviver com o restante.

Logo, o ideal é que você faça o cálculo de todos esses valores que entram por mês, sendo que as despesas devem ser anotadas também, isso porque o planejamento é essencial para saber exatamente o que pode ou não ser cortado, sendo que a partir daí já é possível visualizar como sair da crise financeira.

02. Corte despesas desnecessárias

Logicamente algumas contas realmente são permanentes e não podem ser cortadas, entre as mesmas podemos citar os seguintes: contas de água, luz, telefone, internet, entre outras contas que não podemos cortar.

Logo essa quantia deve ser guardada mensalmente, sendo que é importante conferir exatamente o que pode ser eliminado para reduzir por completo essas despesas. Porém, certamente somente você saberá dizer o que pode ou não cortar!

03. Sempre coloque tudo na ponta do lápis

Muitas vezes temos alguns gastos que realmente não anotamos, sendo que em alguns casos podemos gastar por exemplo R$ 10,00 ou até mesmo quando colocamos gasolina não registramos por ser valor pequeno, no entanto, esses gastos acabam se tornando mais altos do que o desejado ao final do mês.

A partir dessas anotações você saberá exatamente no que anda gastando seu dinheiro, sendo que sabemos que logo será possível visualizar se esses gastos realmente estão sendo extrapolados ou não.

04. Faça uso das ferramentas disponíveis

Mesmo que não queira anotar item por item em um simples caderninho saiba que é possível fazer uso das ferramentas que a tecnologia realmente será capaz de te ajudar ainda mais, sendo assim, coloque os dados em planilhas, aplicativos, entre outros.

Dicas de como encontrar um serviço autônomo (Foto: internet)

Dicas de como encontrar um serviço autônomo

Muitas empresas são capazes de terceirizar limpeza, ou ainda contratar empregados autônomos para trabalhar em suas dependências, sendo assim, uma grande parte das pessoas está buscando trabalho autônomo para ter um ganho maior.

Desta forma, é importante ter em mente exatamente como procurar serviços autônomos e como se tornar um profissional de sucesso por conta própria, sendo assim, aqui falaremos um pouco mais sobre esse assunto.

Veja aqui dicas de como encontrar um serviço autônomo

São várias as pessoas que desejam encontrar um serviço autônomo, sendo que algumas dicas são importantes para resolver isso, abaixo algumas dicas:

01. Aproveite suas experiências

Realmente é importante entender que se tornar autônomo realmente não é uma tarefa muito simples, sendo que é fundamental que a pessoa realmente esteja preparada para seu oficio. Sendo assim, é importante sempre tentar coletar o máximo de informações e experiencias adquiridas nos empregos anteriores para enfim poder utilizar nessa nova etapa de sua vida.

Sendo assim, salientamos aqui que para ter êxito é importante estar preparado (a) para lidar por completo com questões que realmente envolvam tanto gestão contábil quanto relacionamento com funcionários e clientes.

Saiba então que a melhor forma de adquirir entendimento é realmente analisando tudo que já foi vivenciado nas relações de trabalho, sempre observando e retirando o conhecimento necessário de cada situação.

02. Planeje-se bem

Realmente é preciso estudar muito o seu plano, isso porque para ter sucesso como autônomo realmente é importante traçar um esquema mais detalhado, sobre os passos que essa empresa deve então tomar.

Além do mais, é importante ter objetivos e metas muito claras que devem ser alcançadas por você, logo em seguida crie as estratégias que realmente tornem aqueles alvos que realmente possíveis.

Sendo assim, ainda vale a pena dizer que um bom planejamento financeiro de seu negócio será capaz de o ajudar a calcular a conseguir o montante necessário para enfim dar o pontapé inicial nesse empreendimento e então ser capaz de gerir um negócio no futuro.

03. Não precisa ter medo de procurar ajuda

É preciso lembrar que nem todos dominam diferentes áreas capazes de ajudar a gerir um negócio, tendo isso em mente, saiba que uma solução muito prática é a de procurar auxilio justamente de outros profissionais que são mais experientes em diversas áreas.

Além do mais, é preciso destacar que a melhor maneira de decidir se realmente trabalhará sozinho ou em equipe é analisando sua capacidade e até mesmo suas limitações como trabalhador autônomo.

04. Procure manter o controle de suas finanças pessoais

É preciso que você saiba ainda que ao iniciar seu próprio negócio, esse investimento não sairá tão barato, sendo que é preciso ainda conseguir dinheiro para aplicar em sua pequena empresa, além do mais é preciso ter controle sobre seu orçamento e ainda saber como economizar na sua vida pessoal.

Sendo que desta maneira, é essencial cortar gastos desnecessários e diminuir despesas da sua residência, além do mais, algumas boas opções são as de buscar marcas mais baratas e por fim repensar o gasto mensal com os gastos mensais de seu lar e família.

Lembre-se que essas são apenas algumas dicas, o ideal é ter um planejamento bem completo, para que você não se perca no decorrer de seu negócio.

Conheça 5 dicas importantes para equilibrar trabalho e vida pessoal

Muitas pessoas estão muito satisfeita com seus trabalhos e realizam com toda vontade. Acontece é que algumas pessoas trabalham tanto que se esquecem de viver. Mas para ter sucesso na vida é preciso equilibrar o trabalho com a vida pessoal. Isso não é tão fácil para algumas pessoas, mas é possível.

É importante dar prioridade a alguns campos da vida que são importantes. Conheça agora 5 dicas importantes para equilibrar o trabalho com a vida pessoal.

Deixe os assuntos de trabalho no seu devido lugar

A maioria das pessoas tem o hábito de levar os assuntos de trabalho para casa, mas é preciso deixá-los no seu devido lugar, pois isso pode ser muito prejudicial para a produtividade. Sendo assim, o melhor é deixar as obrigações profissionais no local de trabalho, mesmo quando há um problema que deve ser resolvido com rapidez. É preciso encerrar o expediente por completo.

Evite trabalhar nos fins de semana, antes, reserve esse período para programar viagens e roteiros, ou para fazer algo novo com a família.

Faça um planejamento de suas atividades

Para poder conciliar a vida pessoal com a profissional é necessário fazer um planejamento e ser disciplinado. É fundamental programar quais são as tarefas mais importantes e priorizá-las, tanto na vida pessoal como na vida profissional.

Você precisa estabelecer um hábito diário para curtir a família e cuidar de si mesmo. Reserve seu tempo com atividades que realmente lhe proporcione muito prazer. Para isso você pode criar uma agenda e anotar tarefas que precisam ser cumpridas durante a semana, tanto na vida profissional quanto na pessoal.

Haja com flexibilidade e delegue funções

Algumas pessoas possuem muitas responsabilidades e para cumpri-las é necessário tempo. Essas mesmas pessoas possuem uma dificuldade muito grande de abrir mãos dessas responsabilidades, mas é preciso agir com flexibilidade.

Você precisa pedir ajuda a outras quando estiver se sentindo sobrecarregado, além disso, é fundamenta delegar funções a outras pessoas. Quando você compartilha trabalhos e experiências, você expande sua produtividade e especialmente, auxilia no crescimento dos outros.

Fique desconectado por um período

No mundo tecnológico de hoje é muito comum vermos pessoas conectadas à todo momento  com seus celulares nas redes sociais e especialmente, agendas e emails de trabalho. Porém, é necessário impedir que isso afete a sua vida pessoal.

Quando você terminar o seu expediente de trabalho, evite ficar verificando emails e assuntos de trabalhos por meio da internet. Da mesma forma, evite ficar conectado nas redes sociais.

Quando estiver em casa, principalmente nos dias de folga, aproveite o período para coisas mais importantes como sair com amigos, com a família, praticar uma atividade física ou até mesmo para descansar.

Uma boa dica para quem pensa em colocar essa sugestão em prática é desligar o celular ou se isso não for possível, desativar as notificações. Outra dica é ter dois números, um para trabalho e outro pessoal.

Aproveite o lazer para se divertir

Quando o final de semana chegar aproveite para curti-lo com os amigos e familiares. Elabore atividades divertidas. Agende um período para fazer atividades físicas.

Procure estar ao lado de pessoas que te fazem bem. Para conseguir equilibrar a rotina pessoal com profissional é preciso muito emprenho, sempre priorizando o que é mais importante na vida.

4 dicas para quem trabalha o dia todo

Com o grande número de desempregados hoje no Brasil, ter um emprego é uma benção. O trabalho nos possibilita a ter uma qualidade de vida melhor, até mesmo quando recebemos um salário mínimo.

Quando estamos empregados podemos pagar nossas contas, comprar coisas básicas e nos divertir. Além disso, saber que podemos contar com um determinado valor no final do mês evita alguns problemas de saúde como ansiedade e estresse.

Entretanto, algumas pessoas trabalham o dia inteiro e essa rotina pode ser muito desgastante. Muitas delas acordam bem cedo e só chegam a casa tarde da noite, comprometendo muitas vezes até mesmo o sono, no entanto, existem algumas maneiras que podem deixar essa rotina menos cansativa. Veja 4 dicas para quem trabalha o dia todo!

Não perca tempo com coisas desnecessárias

Para deixar a rotina menos cansativa é preciso não perder tempo com coisas desnecessárias. O que poderia ser essas coisas desnecessárias?

Para algumas pessoas coisas desnecessárias pode ser dormir tarde da noite assistindo um programa de TV e acordar no outro dia com sono. Isso pode comprometer o desempenho das atividades no trabalho além de deixar a pessoa irritada.

Outra coisa também que é desnecessário é perder tempo na fila de um banco para pagar as contas. Uma das facilidades que você pode ter na sua rotina é a de acessar Internet Banking Caixa pelo celular, assim você não precisa ir até a agência para resolver assuntos financeiros. Para realizar a liberação de movimentação da conta é preciso ir até uma agência física.

Deixe tudo organizado na sua casa

Essa é outra excelente dica para quem trabalha o dia todo. Deixar tudo organizado na sua casa vai ajudar bastante com respeito ao tempo que você tem quando chega do trabalho. Por exemplo, se no fim de semana você aproveita um determinado momento para deixar a casa toda limpa, procure manter isso durante a semana inteira de trabalho.

Assim sua rotina será mais fácil e você não vai precisar se preocupar com a limpeza do lar quando chegar cansado do trabalho. Para quem mora sozinho é mais fácil colocar em prática essa medida, mas se há mais pessoas na sua casa é preciso que todos colaborem.  

Pratique atividades físicas

Você pode estar pensando como vai conseguir praticar atividades físicas trabalhando o dia todo. Saiba que isso é possível!

Muitas pessoas praticam atividades físicas quando chegam do trabalho, mesmo cansadas. Você pode fazer o mesmo, independente de ser numa academia ou em casa. As atividades físicas são muito importantes para a saúde. Além disso, é uma excelente forma de aliviar toda a tensão do trabalho. Outro benefício da prática de exercícios físicos é que você vai dormir melhor, o que contribui para um bom trabalho no dia seguinte.  

Reserve um tempo para cuidar de si

Trabalhar é muito importante e isso todo mundo sabe, mas é preciso reservar um tempinho para cuidar de si mesmo. Mesmo trabalhando o dia inteiro, você pode aproveitar algumas horas depois que chegar do trabalho para se cuidar.

Você pode preparar um banho relaxante, receber uma massagem, cuidar da pele e do cabelo. Ou se preferir, pode reservar um tempo apenas para escutar boas músicas enquanto relaxa. O importante é não esquecer de você.

Veja como conquistar sua independência financeira

Conquistar a independência financeira é objetivo de muitas pessoas, porém o começo pode ser um pouco difícil, sem saber como agir, por onde começar e como fazer para chegar a tão sonhada autonomia com o seu dinheiro.

E quando você trabalha e mesmo assim não consegue juntar dinheiro, pode ser ainda mais complicado de atingir seu objetivo. Porém é possível seguir alguns passo e mudar alguns hábitos de consumo para conquista a tão sonhada independência.

Neste artigo, vamos mostrar algumas formas. Continue lendo para saber quais são elas.

 

Procure uma renda extra

Se você trabalha ou não, ter um renda extra no fim do mês é muito bem vindo, principalmente para quem está querendo juntar e conseguir a sua independência financeira.

Existem algumas maneiras de conseguir renda extra sem sair de casa como:

  • Vender camisas e canecas personalizadas: Para isso você precisará de fazer um investimento inicial, pois é necessário ter uma máquina de estampar e o material. Porém, o resultado é visto logo nas primeiras vendas e você pode ter retorno do investimento em pouco tempo.
  • Venda doces: Sabe fazer brigadeiro, bolos ou qualquer outro tipo de doces? Então comece a fazer para vender. Anuncie nas redes sociais e comece a aceitar encomendas. Você pode também vender no trabalho, na faculdade e onde quiser.
  • Trabalhe como freelancer: Se você sabe fazer algo que pode prestar serviços de maneira autônoma, tente fazer trabalhos como freelancer e assim conseguir uma renda extra e juntar esse dinheiro para ter a sua independência.

Faça investimentos

Guardar dinheiro na poupança ou na conta corrente, além de não ser rentável, também é mais fácil de que ele seja gasto com coisas que não são prioridades. Por isso, procure saber mais sobre investimentos e aplique o seu dinheiro que sobra.

Existem opções de investimentos onde é possível fazer aplicações a partir de R$30 reais. Então não existe desculpa para que você não comece a guardar o seu dinheiro o quanto antes.

 

Evite fazer dívidas

Pode parecer estranho essa dica, mas se você quer ter independência financeira precisa pensar muito mais antes de fazer algum tipo de dívida, principalmente se for para comprar produtos que você não precisa com urgência.

Coloque no papel o valor do que você deseja comprar e escreva se é algo que você está precisando imediatamente, ou se pode esperar para comprar no futuro.

Dessa maneira você consegue evitar de gastar dinheiro com o que você não está precisando e pode guardar esse dinheiro.

 

Faça planos

Você precisa fazer planos a curto, médio e longo prazo e então traçar as metas para conquistar. Quando você escreve e visualiza o que deseja é mais fácil de conseguir atingir os seus objetivos, principalmente os financeiros.

Escreva a sua meta para chegar a independência financeira, seja não ter ajuda dos pais, marido, etc, ou qualquer outro. E então comece a colocar em prática as dicas e tenha muito sucesso.

 

Seja egoísta

Apesar de parecer estranho essa é uma dica muito importante, se você tem objetivos precisa pensar primeiro em você e como vai conseguir atingi-los. Por isso, ignore o que os seus amigos estão fazendo e foque nos seus planos, isso evita que você faça compras desnecessárias apenas no calor do momento e movido pelo o que está vendo de outras pessoas.

Veja alguns concursos que você pode fazer em cidade pequena.

Fazer um concurso público é uma das opções para quem deseja ter mais estabilidade na sua carreira, além da oportunidade de crescer. Mas a verdade é que muitos dos concurseiros focam muito em grandes provas e em trabalhar nas grandes cidades e com isso acabam perder oportunidade de conseguir mais facilmente outras vagas, já que nas cidades pequenas também existem bons concursos e que possuem menos concorrência.

Até existem alguns blogs que você pode obter mais informações, como enconcursos, onde você pode saber tudo sobre essas provas.

Mas hoje vamos listar alguns concursos que você pode fazer em cidades pequenas e também os motivos para investir nessas provas. Confira

 

Médico

Os concursos para médicos em cidades pequenas são menos concorridos e no geral tem uma remuneração maior, pois poucas pessoas querem ir para cidades pequenas. Assim, se você está em busca de concurso na carreira médica, essa é boa opção para você.

 

Agente de saúde

Em cidades pequenas os concursos para agente de saúde possuem muitas vagas e são um dos mais populares. Ainda contam com a oportunidade de você crescer no cargo e se tornar um profissional superior dentro da secretaria de saúde daquela cidade.

Os agentes de saúde tem o papel de ir na casa dos moradores para alertar sobre campanhas de vacinação, verificar água parada e outras ações relacionadas a saúde do município.

 

Auxiliar administrativo

Os cargos administrativos na prefeitura, câmara municipal e outros órgãos públicos também são uma opção para se fazer nas cidades pequenas. E o crescimento de carreira nessas áreas é notável.

 

Juiz

Outra profissão que possui muita demanda nas cidades pequenas e requer concurso é a de juiz. Se você é advogado e está em busca de se tornar juiz ou promotor será necessário realizar o concursos público. E as vagas em cidades menores são uma das menos concorridas, então vale a pena tentar a prova nessas cidades.

 

Banco

Os bancos também possuem muitas vagas e menos concorrência nas cidades menores, além de ser uma carreira estável e que você tem a possibilidade de crescer internamente e até mesmo pedir transferência de cidade conforme o tempo de trabalho na agência.

Os concursos para bancos são um dos mais concorridos do Brasil, e optando por fazer para cidades pequenas as chances podem ser melhores.

 

Motivos para fazer concurso em cidades pequenas

Se você quer alguns motivos para fazer concursos em cidades pequenas, além da questão da concorrência menor e maior número de vagas que falamos acima, vamos citar mais alguns para te ajudar nessa escolha.

 

Boa remuneração

Principalmente em cargos que são mais difícies de serem ocupados, a remuneração em cidades pequenas é um grande atrativo. Levando também em consideração que o custo de vida é menor do que em cidades grandes, já que os serviços básicos como aluguel, transporte e até compras são mais baratos.

 

Trabalhar perto de casa

Se você for para uma cidade pequena, nenhum lugar é longe, assim você conta com uma grande vantagem de morar perto do seu trabalho e assim não gastar muito tempo com o deslocamento até o trabalho.

Isso possibilita até mesmo que você possa aproveitar para fazer mais coisas no seu tempo livre e investir no seu lazer.

 

Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário!