Veja 4 comportamentos essenciais na atividade do cuidador de idoso


A pessoa que contrata um cuidador de idosos, na verdade quer proporcionar muita segurança e bem-estar para aquele familiar mais velho.

À medida que a idade vai avançando, muitos problemas de saúde podem atrapalhar a rotina e autonomia de uma pessoa, e isso afeta diretamente na autoestima da pessoa. É justamente nessa hora em que muitos procuram contratar um profissional na área.   

Por que contratar esse profissional?

Quando falamos sobre o cuidador de idoso, logo imaginamos ele realizando tarefas como dar banho, preparar e servir as refeições, separar e administrar os medicamentos, e outras funções que lhe são impostas nesse serviço.

Mas o cuidador de idoso atende outras necessidades que vão muito além de físicas. O ser humano precisa de atenção, e o idoso precisa de muito mais. Sendo assim, esse profissional consegue melhorar a saúde emocional do idoso, que nessa fase da vida tem sentimentos ruins, muitas vezes de inutilidade.   

Por isso é um profissional muito requisitado. Diversas empresas de helpcare cuidador de idosos rj, tem investido em profissionais com qualificações e habilidades para atender melhor seus clientes.

Contratar pessoas que não são especialistas nos cuidados que um idoso precisa, é muito arriscado. Até mesmo para realizar algumas tarefas simples é preciso seguir um procedimento apropriado, com toda a segurança.  

Veja agora alguns comportamentos que são importantes na atividade de um profissional que cuida de idosos.  

Tenha empatia e seja respeitoso

Empatia significa se colocar no lugar de outra pessoa para entender melhor o que ela sente ou vive. Para trabalhar cuidando de idoso é necessário ter muita empatia, para entender o que ele sente e suas limitações.

É muito importante que o convívio com o idoso seja respeitoso. Isso deve ser evidenciado, na maneira de falar, de olhar e de agir do cuidador.   

Seja uma pessoa atenta

O cuidador de idoso também precisa ser uma pessoa atenta, principalmente no que diz respeito à saúde. Ele precisa entender algumas alterações fisiológicas típicas da idade avançada, e analisar se há alguma coisa de diferente.

Deve ficar atento a mudanças de hábitos e suas razões. É também importante que ele relate para a família ou responsável, sobre algum problema de saúde que o idoso esteja passando. Dessa forma, a ajuda médica será solicitada o quanto antes.  

Incentive as relações

Algumas pessoas idosas têm por hábito se isolar, o que indica um quadro depressivo. Neste contexto, a ajuda do cuidador será imprescindível.

Ele deve incentivar o ancião a se relacionar com outras pessoas, que podem ser membros da família, vizinhos, amigos, ou qualquer outra pessoa. Estimular a socialização no idoso contribui para uma melhor qualidade de vida e bem-estar.    

Estimule a autoestima

Como dito antes, algumas pessoas nessa fase tem por hábito se isolar, devido a alguns sentimentos de inutilidade, por não conseguirem realizar tarefas que antes faziam com perfeição.

O cuidador pode ajudar nessa situação, por fazer perguntas do seu passado, por mostrar que está aprendendo algo com as conversas, por ser grato pelas experiências contadas e ensinadas.

Além disso, o profissional vai incentivar o idoso a lidar com determinada dificuldade e a readquirir seu espaço, fazendo o idoso se sentir com capacidade de fazer algumas tarefas diárias.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.