Author Archive Vitor Silva

Vendedor autônomo: Confira algumas estratégias para ter sucesso nas vendas

Nos dias atuais, mais e mais pessoas têm deixado seus empregos de carteira assinada para buscar independência e trilhar seus próprios caminhos no âmbito profissional.

E isso se dá porque o trabalho autônomo tem ganhado cada vez mais visibilidade, gerando bons lucros para quem resolve mudar de vida e se tornar seu próprio chefe.

Então, se você deseja se tornar um vendedor autônomo, confira a seguir algumas dicas para ter sucesso em sua carreira.

Faça um planejamento

Para começar, um trabalhador autônomo deve ter consciência de que é sua própria empresa. Portanto, assim como em qualquer negócio, criar um planejamento é o passo principal para o desenvolvimento e sucesso.

Fazer um planejamento detalhado irá ajudar o autônomo a entender o que é preciso para começar e o que deve fazer para evoluir e, enfim, alcançar o sucesso. Planilhas, tabelas e listas podem ajudar nesse processo.

O objetivo pautado precisa ser baseado no serviço ou produto escolhido para, então, definir o investimento inicial que será necessário.

Invista em marketing pessoal

Nos dias atuais, o marketing se tornou indispensável para qualquer negócio. Por isso, não são apenas as grandes empresas que podem e precisam utilizar estratégias na área para alavancar o seu negócio.

Um grande fato que muitos não sabem, é que o trabalhador autônomo é quem mais precisa delas, pois é preciso buscar por si mesmo a visibilidade necessária para atrair pessoas.

Algumas das estratégias de marketing mais utilizadas, são a produção de conteúdo, links patrocinados, redes sociais, SEO, e-mail marketing etc. Com elas, o trabalhador autônomo consegue divulgar sua imagem, seus serviços e seus produtos para alcançar o maior número de clientes possível. 

A internet é uma ótima ferramenta, independentemente de qual seja o objetivo. Além de ajudar a achar pessoa pelo nome, fazer compras online e passar tempo, é ideal para adquirir aprendizado. Portanto, uma ótima dica é estudar bastante a área para que esteja por dentro do que vem trazendo resultados e aplicar de acordo com a sua especialidade e seu público alvo.

Busque por capacitação profissional

Por ser o dono do seu próprio tempo e ser responsável pelo seu rendimento, o trabalhador autônomo muitas vezes acaba sabotando a si mesmo.

E, por muitas vezes, isso ocorre sem que o próprio perceba. No entanto, pode ocorrer também por insegurança com relação ao que os clientes vão achar do trabalho entregue. 

Por isso, caso você escolha trabalhar em algo que não possui muita competência ou experiência, não desista e nem se desespere. A solução para isso é buscar qualificação profissional.

Hoje, existe uma quantidade enorme de todos os tipos de cursos e programas direcionados para o desenvolvimento de competências e a conquista de autonomia profissional. A maioria são pagos, no entanto, existem também opções mais baratas ou gratuitas para quem busca economizar ou não possui condições financeiras no momento.

Além disso, para quem já sabe o que faz e se sai bem na área, buscar mais conhecimento oferece um aperfeiçoamento de habilidades, o que é ótimo para evoluir e se destacar da concorrência.

calça preta masculina rasgadinha

Como fazer renda extra vendendo Calça Jeans Preta Masculina?

Quer saber como fazer renda extra vendendo calça jeans preta masculina? Então, confira algumas dicas que daremos agora neste artigo.

Benefícios das calça jeans preta masculina tradicional

A calça jeans preta masculina tem muitos benefícios. Entre eles, está a vantagem de ser uma peça de roupa muito versátil. Com elas, você consegue montar vários looks.

O preto é uma cor predominante, que fica perfeita em combinações com diversas  cores. Por causa disso, a calça jeans preta masculina nunca sai de moda.

Para quem vender calça jeans preta masculina?

Você pode vender essas calças para diferentes públicos. Há aqueles que preferem calça jeans preta masculina rasgada no joelho, para seguir a mais nova tendência.

Há aqueles que optam pela calça jeans preta masculina Slim, já que ela veste muito bem. E existem aqueles que gostam de calça jeans masculina Destroyed.

Você pode, inclusive, focar em diferentes públicos, o que aumenta as opções de revenda e de renda extra.

Dicas para revender e fazer renda extra

Para revender calças e fazer uma boa renda extra você deve ter uma personalidade comunicativa. Além disso, desenvolver algumas estratégias para vendas também é importante. Mas além dessas, veja o que mais é preciso:

Calça jeans preta masculina no atacado

Quando você compra calça jeans preta masculina no atacado, você tem condições de oferecer um preço bom para o cliente e sai ganhando. Isso porque você vai adquirir o produto mais barato do que se comprasse de outra forma.

Por exemplo, se você comprar calça jeans preta masculina na Riachuelo, por quanto venderá? A ideia não é viável. Por isso, se organize para comprar apenas no atacado suas calças jeans.

Tenha variedades de calça jeans preta masculinas

Para fazer renda extra vendendo calça jeans preta masculina, é preciso ter variedades. Você precisa atender a diferentes gostos e públicos. Não adianta você ter apenas calça jeans preta masculina larga porque isso limita o número de clientes.

Com mais mercadorias diferenciadas, você aumenta as oportunidades de vender. Pense, também, na possibilidade de vender essas calças para públicos de idades diferentes como, por exemplo, o público infantil.    

Tenha um bom relacionamento com sua clientela

Outra dica muito importante para quem vai fazer renda extra vendendo calças jeans preta masculina é ter um bom relacionamento com sua clientela.

Os clientes precisam se sentir à vontade para realizar a compra e ter confiança em você como vendedor.

Fique de olho nas tendências

É preciso ficar de olho nas tendências, que surgem diariamente no mundo da moda. Não acompanhar o que é tendência pode significar perda de cliente e dinheiro.

Procure por bons fornecedores

Para você conseguir ter uma boa quantidade de vendas todos os meses, precisa encontrar bons fornecedores de calça jeans preta masculina. Disponibilizar um produto de qualidade é o que vai determinar o número de vendas.

Utilize as redes sociais

As redes sociais precisam ser usadas a seu favor. Então aproveite para criar uma página de vendas e mostre todo o seu material à sua audiência. Deixe disponível o seu contato para quem tiver interesse em comprar calça jeans preta masculina.

O que fazer para sobreviver durante a crise do coronavírus?

A pandemia do novo coronavírus trouxe uma grande crise financeira para a economia mundial. Aqui no brasil essa crise é claramente vista com a classe mais pobre em que muitos estão fazendo de tudo para sobreviver com um salário mínimo.

Mas quando o trabalhador perde seu emprego em meio a essa crise, o que fazer?

Foi o que aconteceu com milhares de brasileiros e muitos perderam o direito de ter um lar e alimento na mesa. Você também está desempregado e procurando meios para sobreviver a tudo isso?

Vai gostar de saber que neste artigo vamos dar algumas dicas práticas do que pode ser feito nesse momento tão difícil para sobreviver a essa crise. Confira!

Não faça novas dívidas

Se você já está passando por uma crise econômica, não pode contrair novas dívidas. Sempre que vier a vontade de comprar um produto ou serviço, pergunte-se se tal coisa é mesmo necessária e indispensável.

Há coisas que não podemos deixar de comprar, mas outras podemos abrir mão durante um determinado período. Sendo assim, evite a armadilha de se recompensar de vez em quando.

Sempre que for necessário comprar um produto, faça antes uma pesquisa para encontrar o melhor preço.

Economize nos gastos

A economia de gastos precisa começar o quanto antes. Cada centavo desperdiçado vai fazer falta nessa crise econômica, especialmente se você estiver desempregado.

Economize água, luz e gás. Se possível, renegocie dívidas como internet e telefone. Evite também usar os transportes por aplicativo ou táxi, dando preferência aos ônibus.

Ao fazer compras, procure sempre por descontos e promoções. Se for usar o cartão de crédito, dê preferência para aqueles que possuem alguma vantagem.

Hoje em dia é possível encontrar uma credora que disponibilize cartão de crédito para negativado autônomo e muitos desses, são de bancos digitais, que oferecem cartão sem taxa nem anuidade.  

Qualquer economia que puder ser feita será de grande importância para cobrir outras despesas.

Busque por renda extra

Mesmo que você tenha um trabalho, nada impede você de fazer uma renda extra para complementar a renda e sobreviver a essa crise.

A renda extra pode ser feita dentro do seu lar, na rua, ou em qualquer outro lugar. Você pode vender coisas usadas, lanches, espetinho, trabalhar na internet e muitos outros.  

Outra dica para fazer uma renda extra é trabalhar como freelancer de vez em quando. Por exemplo, você pode trabalhar de garçom em eventos ou trabalhar como redator para blogs. Existem várias formas de trabalhar nessa modalidade e gerar alguma renda.  

Mude alguns hábitos

É preciso mudar alguns hábitos para sobreviver à crise do coronavírus. Mas como assim?

Digamos que você tem o hábito de sair todo fim de semana com a família ou para jantar com a esposa. Isso precisa mudar! Procure fazer atividades de lazer em casa, que não gaste muito. Assim, você vai conseguir economizar e arcar com as despesas sem tanto trabalho.

Troque alguns alimentos

A alimentação também precisa ser repensada. Se você tinha hábito de comer certos tipos de frutas, troque por aquelas que são da época. A mesma dica serve para verduras e legumes. Dessa forma você consegue uma economia significativa.

4 ideias para quem deseja começar a empreender no ramo de eventos

O mercado de eventos é um dos poucos que continuam crescendo mesmo em cenários econômicos desafiadores, portanto, é uma ótima opção para quem deseja se manter em um negócio estável.

Existem vários segmentos que podem trabalhar direta ou indiretamente com eventos e estar por dentro deste mercado que está em constante expansão, e foi pensando nisso que separamos algumas ideias para quem deseja empreender neste ramo. Confira!

1. Cerimonial ou assessoria de eventos

Em eventos de grande porte, como festas de 15 anos ou casamentos, por exemplo, a organização é primordial para que tudo saia conforme o planejado.

Dificilmente os noivos, aniversariantes, ou responsáveis pela festa tenham tempo ou condições de conferir constantemente se tudo está andando corretamente. Por isso, um profissional que possa coordenar o evento se torna indispensável.

O assessor ou cerimonial para casamentos é a figura que vai garantir que o buffet sirva os pratos na hora certa, que a equipe de decoração faça tudo corretamente, que o DJ toque as músicas solicitadas pelo cliente, e todo o resto para que os donos da festa possam aproveitar a comemoração.

2. Serviço de buffet e coffee break

Quem trabalha ou se interessa em gastronomia tem muitas chances de se dar bem no ramo de eventos, principalmente se investir e se dedicar a um nicho específico.

Qualquer tipo de evento conta com algum tipo de refeição que, em geral, é contratada separadamente, então é uma ótima opção de negócio.

Normalmente os serviços de buffet oferecem opções mais elaboradas, como entrada, aperitivos, pratos principais e sobremesas, e geralmente são destinados a eventos maiores.

Portanto, existem também, empresas especializadas em produzir coffee breaks, ou seja, comidas que podem ser consumidas em uma pausa para um café, como lanchinhos, bolos, doces e bebidas que cabem muito bem nesses momentos.

Outra ótima pedida é fazer parcerias ou simplemente contratar serviços que disponibilizam carrinho gourmet em São Paulo ou em qualquer outra região para dar um toque diferente ao seu serviço.

3. Recreação infantil

Em muitos eventos, como os casamentos e aniversários, enquanto os responsáveis aproveitam a festa, as crianças acabam ficando estressadas e entediadas.

Para manter as crianças entretidas durante as festas, surgiram as empresas de recreação infantil, que montam espaços divertidos no próprio ambiente do evento com atrações, brinquedos e atividades que possam mantê-las ocupadas.

Entretanto, por se tratar de crianças, quem pretende trabalhar com esse tipo de atividade precisa estar ciente da responsabilidade e contar com monitores capacitados e adequar o serviço à infraestrutura e espaço do local onde será realizado o evento.

4. Locação de louças para festas

A decoração e o serviço são alguns dos pontos principais de uma festa e as pessoas estão investindo cada vez mais  em objetos decorativos que enaltecem ainda mais o ambiente.

Porém, normalmente não temos em casa itens suficientes para servir os convidados ou nem sempre são adequados para uma festa. E é por isso que algumas empresas têm feito tanto sucesso alugando suportes para bolo, bandejas, vasos, pratos, jarras, bowls, centros de mesa, taças, xícaras e tudo o que auxilie a deixar uma festa ainda mais bonita.

Ao apostar nesse segmento, o profissional precisa ter um bom mix de produtos e uma quantidade considerável para que possa atender eventos pequenos e grandes. 

Também é crucial que haja um bom sistema de transporte para a casa do cliente, boa limpeza e armazenamento adequado para reduzir ao máximo o risco de danificar os artigos.

Veja algumas dicas de produtos para vender na rua e ganhar dinheiro

Todos os dias escutamos notícias de que os produtos da cesta básica estão mais caros, e não é só isso, escutamos também sobre o aumento do combustível, da conta de energia e muitas outras coisas que torna a sobrevivência cada vez mais difícil.

Não é à toa que aumentou e muito o número de pessoas que estão nas ruas vendendo e comercializando vários tipos de coisas, tudo com o objetivo de levar comida para casa e pagar as contas.

Inclusive, muitas dessas pessoas têm um emprego de carteira assinada, mas para complementar a renda precisam se virar. Se você também está nessa situação, procurando uma ideia do que fazer para ter uma renda extra, confira algumas dicas de produtos que você pode vender na rua e faturar uma boa grana.

Doces variados 

Vender doces de tudo que é qualidade é uma ótima opção para trabalhar na rua. Você pode aproveitar para vender em pontos como feiras, faculdades, prédios comerciais, escolas, ônibus e nos centros urbanos.

Você pode trabalhar com uma qualidade de doce, mas pode vender vários tipos ao mesmo tempo. Além disso, pode também investir em doces gourmets, para aqueles clientes mais exigentes.

É um tipo de trabalho que o investimento inicial não precisa ser muito, e que deixa uma boa margem de lucro.

Capas para bíblia

Outra coisa que você pode investir para trabalhar na rua são as capas para bíblias. Você já parou para imaginar o número de religiosos que existem na região que você mora?

Você pode vender capas para bíblias evangélicas, católica e também para outros livros religiosos. O segredo está na diversidade do produto. Existem capas de vários materiais e você precisa dar opções para o cliente.

Você pode vender de porta em porta, na feira, nos ônibus, nas praças e principalmente próximos dos templos religiosos.

Guarda chuva

O guarda chuva é uma ótima opção de ganhar dinheiro na rua. Você pode vendê-lo de janeiro a janeiro que o povo compra.

O guarda chuva também é usado em dias quentes pelas pessoas que querem se proteger do sol, especialmente no nordeste brasileiro. Mais uma vez, o segredo da venda está no leque de opções que você vai dar para o cliente. Invista em vários tipos desse produto, de todas as cores, tamanhos e modelos.  

Marmitas saudáveis

As marmitas sempre fizeram sucesso e hoje ainda mais. Como foi dito no início do artigo, o meio de vida está cada vez mais difícil. Então, se você vender marmitas de vários tamanhos e para vários tipos de clientes você consegue faturar uma boa grana.

As marmitas saudáveis estão em alta. Elas atendem o desejo de pessoas que procuram se alimentar de uma forma melhor quando estão nas ruas resolvendo seus compromissos, e você pode atender os interesses dessa categoria.  

Espetinho de churrasco

Quem nunca comeu um espetinho de churrasco na rua? Se não comeu ainda, com certeza já ficou na vontade muitas vezes.

Esses espetinhos de churrasco são perfeitos para vender na rua, especialmente quando vai se aproximando o fim de semana, em que muitos já começam a curtir o período, comendo um churrasquinho acompanhado de uma cervejinha.

4 dicas que você deve seguir para ter um blog de sucesso

Se você possui um blog, certamente possui o desejo de que ele se torne uma referência e que seja visto pelo público que se interessa pelos assuntos que aborda.

E mesmo que não seja uma tarefa fácil, não é impossível, desde que você tome as atitudes certas. Foi pensando nisso que separamos 4 dicas para você seguir e conseguir sucesso no seu blog. Continue lendo a seguir.

1. Entenda quem é o seu público

Se você não souber quem é o seu público, não poderá criar conteúdos que sejam relevantes e informativos que o faça querer saber mais sobre as soluções que você tem a oferecer.

Antes de qualquer coisa, você precisa saber quem é a sua persona para criar pautas para o blog. Resumidamente, a persona é um perfil semi-fictício da pessoa que você entende ser seu consumidor. Ela é baseada em dados reais sobre características demográficas, comportamento, preocupações, motivações, objetivos e desafios.

Uma maneira eficaz para entender quem é a sua persona, é através de pesquisas e entrevistas com pessoas que já interagem com sua empresa na internet e offline. Para isso, você deverá criar um questionário para colher informações sobre os aspectos do dia a dia e personalidade da persona que influenciam a maneira com que ela interage com a sua marca.

2. Organize-se antes de criar o conteúdo

Depois de saber quem é o seu público, você irá precisar organizar como esse conteúdo será feito. Primeiro, tenha em mente quais perguntas serão respondidas e como deverá criar conteúdo para realmente ajudar a persona.

E para saber quais perguntas elas estão fazendo, você deve escutá-las.

Algumas maneiras para saber qual tipo de conteúdo tem uma melhor resposta junto à sua persona, são:

  • Quais assuntos possuem mais engajamento;
  • Quais páginas possuem mais visitas;
  • Posição dos assuntos nos trends de buscas no Google;
  • Utilização do Google Analytics.

Uma vez decidido o assunto, será necessário organizar a estrutura do conteúdo e isso depende do tamanho dele e de seu objetivo. Blogs de notícias como o Portal 1M são uns dos bons exemplos para se tomar com relação à organização, pois é necessário cautela para produzir conteúdos informativos. Porém, isto vale para qualquer nicho.

Clareza e coesão são duas características que devem andar juntas. Faça um esqueleto da estrutura do assunto que você terá, organize os tópicos mais importantes no topo e as informações complementares ao longo do texto e verá como será muito mais simples criar um artigo com organização.

3. Diversifique o formato de seu conteúdo

O mundo e as pessoas mudaram e mudam constantemente, portanto, as empresas precisam se atualizar às novas maneiras que são acessados os conteúdos.

Os vídeos são uma das tendências mais fortes nesse assunto que podem ser adicionados no seu blog, pois eles conseguem agregar dois aspectos que as pessoas se agradam na interação com o conteúdo: visual e auditivo.

Outra maneira prática é a transformação de textos em áudio, pois muitas pessoas desistem de ler um texto chamativo por conta do tamanho. A flexibilidade do áudio permite que o conteúdo seja acompanhado enquanto são realizadas outras tarefas..

4. Utilize as ferramentas à sua disposição

Para que os objetivos sejam alcançados, é necessário um acompanhamento contínuo das métricas. E entre as mais importantes que você deve ficar atento, estão:

  • O número de visitas;
  • Os compartilhamentos;
  • Os comentários;
  • O tempo de leitura;
  • ROI do conteúdo produzido;
  • O número de players do áudio;
  • Bounce-rate da página;
  • E por fim, as conversões.

Ao acompanhar as métricas, você poderá saber como criar conteúdos e quais assuntos e canais têm melhor resposta junto a sua persona, permitindo que você adapte o conteúdo de acordo com as respostas obtidas.

A produção de conteúdo tem como principal objetivo criar uma relação de troca com o seu público, oferecendo informações realmente relevantes para o seu dia a dia.

5 dicas para quem deseja abrir uma loja de materiais de construção

Uma loja de materiais de construção é, sem dúvidas, um dos negócios mais promissores do mercado. 

As pessoas estão buscando por ferramentas e materiais todos os dias, e por isso é um ótimo meio de investimento. E se você deseja abrir uma loja de materiais de construção, mas precisa de algumas dicas, continue lendo a seguir.

1. Analise o mercado

A primeira etapa da construção de qualquer negócio é a análise de mercado. É a partir dela que o empreendedor e futuro gestor conseguem verificar a viabilidade do negócio frente à concorrência e aos clientes.

Através dessa análise, o empreendedor estuda quem vai comprar seus produtos, como irá adquiri-los e o que os motiva. Com todas essas informações se define o público-alvo. 

Conhecer o público-alvo dos seus concorrentes também é uma ótima forma de diferenciar sua loja. 

2. Se atente aos aspectos organizacionais

Uma loja de materiais de construção possui uma variedade muito alta de itens para venda. Você pode vender desde uma porta balcão à ferramentas.

A loja pode possuir apenas itens para reformas básicas, material para construção pesada, tintas e materiais para decoração, dentre outros. Se optar por uma grande variedade, é essencial que o cliente consiga encontrar sozinho o que procura, por isso a organização interna da loja deve ser bem pensada.

A loja irá precisar de vendedores, gerentes, entregadores e caixas. Eles devem conhecer a loja inteira e não apenas o setor em que trabalham para prestarem atendimento de qualidade.

3. Projete a estrutura física da loja

O dono da empresa possui milhares de obrigações, uma delas é garantir o bom funcionamento da mesma. Pertencem também a esse cenário oferecer mobilidade aos funcionários, garantir uma boa iluminação e ventilação na loja, infraestrutura adequada ao produto que será vendido e uma escolha correta dos fornecedores.

Um bom aspecto visual não deve ser deixado de lado e precisa estar de acordo com seu objetivo, que são seu público-alvo e sua estratégia. 

Quanto ao marketing, o proprietário pode usar as redes sociais para divulgação e também buscar parcerias com escritórios de arquitetura e engenharia para se estabelecer inicialmente.

4. Faça um planejamento estratégico

De acordo com o Sebrae, o mercado de material de construção é bastante sólido, onde 81% das lojas existentes no Brasil atuam durante muitos anos. Porém, a maior parte delas são as chamadas Home Centers, que são as lojas que possuem grande variedade de artigos e que conseguem bons preços justamente pela grande quantidade de clientes e poder de barganha. Essas lojas são concorrentes direto e é preferível que não haja competição direta neste caso. 

Uma estratégia eficaz para a nova loja de material de construção é atrair os consumidores para suas imediações, mostrando que possui atendimento personalizado e preços competitivos.

A sua loja pode ser instalada em um pavilhão grande e área de amostra de produtos em um espaço específico com o estoque em um local mais reservado, que afasta a instalação da loja de centros, o que as torna mais periféricas. Ou manter um espaço pequeno localizado nos centros de comércio com o estoque mais periférico, que é uma ótima escolha caso escolha trabalhar com materiais pesados e em grande volume.

5. Siga as exigências legais e contábeis

Quanto à tributação, lucros e dividendos e demais encargos, é necessário que contrate um contador. Esse profissional irá ajudá-lo em relação a tudo que você precisa saber sobre registro contábil de uma empresa.

Você deverá tomar diversas medidas antes mesmo de iniciar as contratações, principalmente para evitar gastos desnecessários no futuro . Os procedimentos básicos são:

  • Registro na prefeitura;
  • Registro na Secretária da Fazenda (para obtenção do CNPJ);
  • Registro da Junta Comercial e junto à Receita Estadual (para inscrição estadual);
  • Registro na Secretaria da Fazenda Estadual;
  • Enquadramento na ou nas respectivas entidades sindicais;
  • Cadastro na caixa econômica federal (recolhimento do INSS e FGTS);
  • Aval da prefeitura para instalação da loja no local desejado;
  • Obtenção do aval do corpo de bombeiros.

Como a renda extra pode ser de ajuda para eliminar as dívidas?

Você tem muitas dívidas para pagar e o dinheiro que recebe não dá para quitar todas elas? Saiba que essa situação não é exclusividade sua, pois a maioria da população brasileira sofre os mesmos problemas.

Mas você sabia que existe algo que pode ajudar você a sair do vermelho? Estou falando da renda extra. Fazer algo para ganhar uma renda extra pode ser a solução para quitar as suas dívidas sem passar por tanto perrengue.

Quer ver como a renda extra pode ser de ajuda para eliminar suas dívidas? Então continue lendo este artigo.

Enfrente as dívidas com coragem

Tem pessoas que sabe que tem muitas dívidas, mas que não deseja encará-las de frente, ou seja, preferem ficar no escuro ao invés de saber exatamente quanto deve e a quem deve.

Se você é uma dessas pessoas, você precisa ter coragem para enfrentar suas dívidas. De nada vai adiantar ficar fingindo que a dívida não existe, que é algo que pode ficar para depois. Isso é na verdade uma grande cilada!

Além de desperdiçar dinheiro, você fica com o nome sujo na praça. Por isso, faça um levantamento de tudo o que você deve e saiba o real valor da sua dívida.

Planeje seu objetivo de renda extra

Depois de ter coragem para encarar as suas dívidas de frente, agora chegou a hora de planejar a forma de eliminá-las.

Dessa forma, você precisa fazer um bom planejamento para conseguir a sua renda extra e sanar todas as dívidas que você tem. Além disso, você precisa separar uma parte do seu dinheiro para fazer investimento.

O interessante é separar 30% dos seus ganhos para investir, mas se essa porcentagem ainda é difícil para você no momento, que tal investir uma quantidade menor? O importante é não deixar de investir.

Uma boa dica é investir em ações itsa4, da Itaúsa. Você pode começar com um investimento baixo, e ir aumentando na proporção que vai se livrando da dívida. Lembre-se que este é um planejamento de renda extra a longo prazo.  

Escolha alguns meios de fazer renda extra

Se você parar para pensar, existem milhares de meios de fazer renda extra hoje. Se você tem um trabalho fixo, pense: ‘Em que eu posso investir para gerar uma renda extra sem comprometer meu emprego?’

Você vai encontrar um mar de possibilidades. Você pode produzir doces e salgados e vender na faculdade ou no ambiente de trabalho, pode promover algum produto digital, pode trabalhar como freelancer, pode trabalhar com pets e muitos outros tipos de trabalho que podem gerar uma boa renda extra.

Escolha aquela que melhor se encaixa com seu perfil. Em alguns casos, o que era apenas um trabalho para conseguir renda extra, se torna o principal meio de ganhar dinheiro.  

Seja paciente e nunca desista

Para conseguir eliminar as dívidas com a ajuda da renda extra é preciso ter muita paciência e nunca desistir. Em alguns momentos, pode parecer que não vai dar certo, mas você não pode se deixar enganar por esses sentimentos negativos.

É preciso insistir para que uma ideia dê certo. Com o passar do tempo, você vai ver que as ações que você tomou foram uma das melhores decisões de sua vida.  

Veja algumas dicas de como se preparar para um longo dia de trabalho

O dia de trabalho mal começa e o trabalhador já fica estressado, sem paciência para nada e a produtividade nestes casos, caem consideravelmente. O que se pode fazer para evitar cenas como essas?

É muito importante se preparar bem para cada dia de trabalho, especialmente se a carga horária é prolongada.

Essa dica é ainda mais importante para quem tem muitas tarefas a fazer, tanto no local de trabalho quanto no ambiente doméstico. E tudo isso pode ficar ainda mais complicado se o trabalhador estudar e tiver filhos.

Por isso seguir algumas dicas é importante para otimizar o tempo e ficar menos estressado com a rotina. Neste artigo vamos sugerir algumas dicas úteis do que se pode fazer para ter mais organização nesse assunto. Confira!

Tenha uma boa noite de sono

Se você trabalha longas horas no dia, precisa ter uma boa noite de descanso, pois só assim você terá condições de desempenhar suas funções da maneira correta.

Ter uma boa noite de descanso é importante porque contribui para a produtividade. Quando o trabalhador dorme bem, ele consegue repor as energias necessárias para realizar as tarefas do próximo dia. Além disso, a pessoa fica com o humor melhor, além de ter sua concentração melhorada.

Por isso, todos que dormem bem conseguem ser mais produtivos. Sendo assim, procure meios para que a hora do sono seja a melhor possível.  

Use roupas confortáveis

As roupas que usamos para trabalhar também influenciam muito na nossa produtividade. Às vezes a vestimenta incomoda tanto que boa parte do tempo de trabalho é investido em encontrar uma maneira de resolver o problema.

Sendo assim, cuidado quando for escolher a vestimenta. Procure sempre vestir roupas que sejam apropriadas para o ambiente de trabalho, mas que não sejam apertadas demais. No caso das mulheres, usar lingerie confortável é fundamental.

O mesmo conselho vale para o calçado, procure sempre aqueles que são mais confortáveis. Desta forma, você evita perder tempo com o visual corporativo.

Tome um café da manhã reforçado

A primeira alimentação do dia é muito importante, pois será por meio dela que você terá energia e disposição para trabalhar. Ter uma refeição reforçada pela manhã vai ajudar o trabalhador a ser mais produtivo, uma vez que vai está saciado, sem sentir a necessidade de comer.

Alguns alimentos fazem toda a diferença na primeira refeição, por isso, invista em alimentos ricos em ômega – 3 e proteínas. Evite alimentos ricos em açúcar nas primeiras horas do dia.  

Esteja sempre atualizado

Outra dica para se preparar bem para um dia longo de trabalho é estar atualizado nas primeiras horas do dia.

Procure se informar por meio de jornais e noticiários sobre o que está acontecendo no mundo, especialmente sobre assuntos ligados ao trabalho. Com isso alguns acontecimentos não serão surpresa, no mundo corporativo.

Evite chegar atrasado

Chegar atrasado não é benéfico para quem deseja ter um bom dia de trabalho. Quando o trabalhador chega mais cedo, ele tem tempo para se organizar e começar a fazer o seu serviço de forma mais tranquila. Isso também contribui para uma boa produtividade e menos estresse.

Saiba como divulgar o link de afiliado da forma correta

Uma das dúvidas mais comuns de quem está começando a trabalhar como afiliado digital é como fazer divulgações corretamente. E saiba que não basta só editar o link de afiliado, existem algumas estratégias para obter resultados positivos.

Foi pensando nisso que separamos aqui algumas dicas de como divulgar o link de afiliado da forma correta para você não errar alcançar seus objetivos. Continue lendo a seguir para aprender.

 

1. Escolha ferramentas para encurtar o link de afiliado

Após gerar o link na plataforma, você precisa escolher uma ferramenta para encurtá-lo. Isso porque o link cheio de códigos que a plataforma gera não é esteticamente bonito para ser compartilhado.

As pessoas podem achar inclusive que se trata de algum vírus e não sentirem confiança em clicar.

Portanto, a melhor alternativa é encurtar o link de afiliado e editá-lo de uma forma mais atrativa.

Algumas ferramentas para encurtar o link de afiliado, são:

  • Bit.ly;
  • Linktree;
  • Snip.ly;
  • Pretty Link.

É só procurar conhecer sobre cada uma delas e escolher a que melhor se encaixa às suas necessidades e a qual se adapta melhor.

2. Melhores formas para divulgar o link de afiliado

Após encurtar o seu link de afiliado, é hora de divulgá-lo na internet. E essa divulgação deve ser feita de forma estratégica, porém, profissional.

As melhores formas para divulgar o link de afiliado, são:

No Instagram

O Instagram é uma das redes sociais que mais faz sucesso e a maioria das pessoas do mundo do marketing digital está presente na plataforma.

Para divulgar no Instagram, basta colocar o link de afiliado na bio do seu perfil.

Uma das melhores estratégias nesse caso é postar fotos com conteúdos que tenham a ver com o seu nicho, colocando “hashtags” e legendas que induzam as pessoas a clicarem no seu link da bio.

Outra boa técnica é colocar os links de afiliado nos stories, mas para isso é necessário ter pelo menos 10 mil seguidores.

No Facebook

Com o Facebook, você pode divulgar seus links de afiliado de três formas: através de grupos, no próprio perfil e criando uma página.

Porém, é muito importante ressaltar que o alcance orgânico do Facebook caiu bastante e que você precisa ter cuidado ao fazer suas divulgações, pois se postar excessivamente seus links, corre o risco de ser bloqueado.

Por isso, o certo é postar de forma natural, com foco em um conteúdo de qualidade e disponibilizando seus links no primeiro comentário do post, pois colocar o link no texto do post pode diminuir seu alcance.

No tráfego pago

Por último, mas não menos importante, outra ótima forma de divulgar o seu link de afiliado é através de tráfego pago, ou seja, investindo dinheiro para que as pessoas cheguem até o seu link. Os melhores lugares para investir em tráfego são o Facebook Ads e Google Ads.

Porém, antes de investir em tráfego, é necessário que você estude as possibilidades e adquira conhecimento para fazer boas escolhas e não acabar perdendo dinheiro.