4 Dicas de segurança para profissionais de saúde em casa

4 Dicas de segurança para profissionais de saúde em casa (Foto de RF._.studio no Pexels)

Cuidar é uma função essencial que vem com muitos benefícios e conexões. No entanto, os cuidadores também devem cuidar de si mesmos. 

Mas O que é Home Care? E por que pode ser necessário ter cuidados de segurança nessa profissão? 

A segurança vem em muitas formas diferentes – desde a saúde física até diferentes tipos de riscos no cuidado. 

Você precisará cuidar do seu próprio bem-estar enquanto cuida de seus entes queridos ou pacientes em casa. 

Felizmente, seguir as dicas de segurança a seguir para profissionais de saúde domiciliar o ajudará a atingir o equilíbrio certo.

1. Avalie a comunidade

A comunidade física de onde você trabalha pode influenciar sua segurança. Por exemplo, ir para o bairro ou local de residência é o primeiro passo todos os dias. Se o tempo estiver perigoso, certifique-se de que a casa ainda esteja acessível.

Em segundo lugar, os cuidadores tendem a trabalhar em uma ampla variedade de lugares. Se é sua primeira vez trabalhando em um novo local, você deve explorar a área para se certificar de que conhece os prós e contras. 

Onde estão os recursos de cuidado? Existe algum hospital por perto?

2. Verifique se há perigos

A próxima etapa é entrar na casa ou local de trabalho. Não importa se é a primeira vez que trabalha neste local ou se já está lá há anos, sempre haverá vários perigos em casa.

De tapetes soltos a elétricos expostos a corrimãos, esses tipos de riscos ao cuidar são aqueles com os quais você deve estar atento.

A correção ou solução desses problemas é crítica. Ao trabalhar com residentes, você não vai querer se preocupar em escorregar ou cair. 

O paciente é o seu foco – machucar-se no processo é algo que você pode evitar lidando com os perigos de antemão.

3. Cuide da sua saúde

A saúde física e mental andam de mãos dadas. Se você sentir que um está lutando, o outro provavelmente não está muito atrás. 

Monitore sua saúde física certificando-se de que está sempre se sentindo bem. Caso contrário, pode ser necessário tirar o dia de folga. 

Por exemplo, o esforço excessivo pode ocorrer facilmente com levantamento de peso, posições inadequadas ou ações repetitivas.

Além disso, o saneamento e a higiene são essenciais para resolver. Todos na casa se beneficiam do espaço mais limpo. Use as ferramentas certas para higienizar e limpar e você estará pronto.

Em última análise, o estresse pode causar uma série de problemas de saúde pessoal durante o cuidado. Certifique-se de participar de atividades e hobbies para aliviar o estresse, para mantê-lo ativo e feliz.

4. Ter recursos para violência

A violência é uma possibilidade no trabalho como cuidador. Quer sejam residentes frustrados por serem dependentes, pacientes mentalmente instáveis ​​ou raiva geral, você deve se preparar para atos potencialmente agressivos.

Tente não trabalhar sozinho, se possível. Cerca de 21% dos enfermeiros e estudantes de enfermagem sofreram agressão física ao longo de um ano. Quando você trabalha com outras pessoas, você tem ajuda, se precisar.

Além disso, sempre tenha números para ligar e recursos em mãos, caso ocorra qualquer forma de violência.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.